terça-feira, março 13, 2007

Já não choro.
Dentro de mim existe:
a profundeza do mar
o que não entendo
Sob o céu a chamar

a lágrima que prendo!

Um comentário:

Guevara disse...

bonito e mais n digo