sábado, setembro 29, 2007

Drop

Ainda chove. Consigo ouvir o som que embala os sentidos e adormece a vontade. Já apetece o sofá, estar tapada e enroscada num cobertor. Apetece a caneca de chá, abraçada pelas mãos que procuram o calor, a mando do coração. Apetece fechar os olhos e deixar que os pensamentos derretam, tal como o açúcar no chá. O coração é do tamanho de uma gota de chuva e o silêncio do barulho da chuva é como o frio da chuva na pele. É uma segunda pele.


Massive attack- Teardrop

2 comentários:

Haddock disse...

ai, este teardrop é das coisas mais lindas...

Matchbox30 disse...

Ui! Que aconchegante! O meu sonho (quando me sair o euromilhões), é ter uma casa com uma parte do telhado em vidro para estar a ver a chuva a cair por cima de mim... e eu cá em baixo à lareira com uma boa companhia, desfrutando do espectáculo...