domingo, outubro 14, 2007

False control


"So, you want some water,huh? I've got a big can of it here.
It's up to me to decide if you get water or not! I control your fate. Your very lives are in my hands!
Without me you're as good as dead. Without me, you don't..."
A ironia faz com que o mundo gire. Nem sempre para o nosso lado, é certo. Mas se pensarmos bem no assunto, nem sempre apenas temos um lado A. E por vezes vale a pena ter um lado B. Afinal que poder temos nós nas "nossas mãos"? O que depende realmente de nós? Ao responder "TUDO", acumulamos total responsabilidade por todas as escolhas que fazemos mas também por tudo o que nos possa acontecer. E aceitamos a ironia como um recibo de todos os nossos actos. Mas e o resto do mundo? Não vivemos isolados. Os actos dos outros também nos atingem. Quando a bola está no outro lado do campo, podemos tentar ganhá-la ou podemos desistir e deixá-la ir. Nem sempre quem desiste é quem fica a perder. Porque a ironia pode decidir entrar no jogo.

Um comentário:

Matchbox30 disse...

Eu gosto da ironia... principalmente a do destino...