sexta-feira, novembro 09, 2007

CAN

LAMB - Gabriel

Podemos voar…
Sem destino. Sem parar.
Por céus de um azul
acabado de pintar.
Mas…
Nem sempre as asas nos ensinam a voar!
Há...
O vento que empurra,
a hora que obriga,
o coração que chora e o manto que abriga.
Então...
Podemos voar…
Com destino. E descansar.
Por céus de um azul
Já há muito por pintar.

3 comentários:

Matchbox30 disse...

Eu já peguei em asas e tentei pintar o céu em tons de azul, para ser original... mas, só depois notei que azul, já ele era! Houve alguém que teve ideia igual...

Canis Lupus Horribilis disse...

...pois!
Não quero mesmo saber quem pintou o céu...
Quero é saber onde está o resto da tinta!!!
Humpf!!!

Haddock disse...

isto sim, é lindo!!