segunda-feira, junho 30, 2008

Princípios

Podíamos saber um pouco mais
da morte. Mas não seria isso que nos faria
ter vontade de morrer mais
depressa.

Podíamos saber um pouco mais
da vida. Talvez não precisássemos de viver
tanto, quando só o que é preciso é saber
que temos de viver.

Podíamos saber um pouco mais
do amor. Mas não seria isso que nos faria deixar
de amar ao saber exactamente o que é o amor, ou
amar mais ainda ao descobrir que, mesmo assim, nada
sabemos do amor.

Nuno Júdice

2 comentários:

Nuno disse...

ola! se nao te importares vou fazer um ctrl+c e um cntrl+v para levar para o meu blog. O poema e a minha cara. desculpa a falta de acentos, mas o teclado ta marado :S

Haddock disse...

...

além do que o saber ocupa lugar!!