sábado, dezembro 06, 2008

Copo

E agora?
Se a alma demora
e o instinto devora
a calma.
E agora?
Se o corpo balança
e o copo já dança
vazio.
E agora?
Se não é isto
e se isto já é
o previsto.
E depois?
Só sente, só mente
é crente e descrente.
Depois do agora
é hoje, é outrora.



Um comentário:

Van disse...

qq dia tenho um livrito teu na minha mesa de cabeceira... :)