domingo, fevereiro 11, 2007

Sem fim...

Calcular? Nem somar! Nem multiplicar…
Sinto vezes sem conta das vezes,
contas das vezes imensas sem fim!
Igual nunca sente o mesmo número…
Maior, crescente… dentro de mim.

Sempre restam números quantos…
O zero não conta… nunca existiu!
Mais muitos, mais uns, mais tantos…
Olho para o mais e a soma fugiu!

Um comentário:

nuno disse...

hoje também não me recomendo...
mas com esforço deixo-te um sorriso :)