quarta-feira, junho 13, 2007

1


Uma foto.

Uma música.
So you came like a missile,
Falling on my head with the black sky,
Think you're giving but you're taking my life away
Then you came with your breeze blocks,
Smashing up my face like a bus stop,
Think you're giving but you're taking my life away
Like the drunk you convinced was sober, you keep me falling over,
Think you're giving but you're taking my life away
With the best of intentions you tried to give an ocean directions,
Think you're giving but you're taking my life away
So you came like a missile leaving me the whole world in exile,
Think you're giving but you're taking my life away
Uma letra.
Chamando o vento ligeiro,
beija-lhe a cor desmaiada.
É doce e quente o cheiro...
Envolto em esperança, o nada.
Espera. Entrega-se ao vento.
De olhos fechados, sorriu!
Segreda o momento ao momento...
Passa o tempo. O vento? Fugiu.
Um poema.

3 comentários:

Anônimo disse...

Ainda bem que gostas da música. Eu também a adoro! :) Quanto ao poema, continuas a surpreender-me com a fluidez das tuas palavras e a tua escrita escorreita!
Jocas!
(Sérgio Carvalho)

Haddock disse...

assino em baixo as palavras de cima!!

(a música... já sabes!)

nuno disse...

essa paisagem agreste isso parece la para o norte, lá para trás do sol posto, onde o judas perdeu alguma coisa...