terça-feira, janeiro 22, 2008

Remar,remar

Nas escolas não se fala de outra coisa: avaliação de desempenho dos professores. Nada contra. Quem passou por um estágio, passa por outro. Quem faz do ensino uma paixão e dá o seu melhor, nada teme. Um dos factores que vai contar nesta avaliação é o abandono escolar por parte dos alunos. Isso é que já me chateia. Seremos nós os culpados? Como avaliar a culpa de um professor que tudo faz para entrar em contacto com uma aluna/encarregado de educação e todos os contactos "não se encontram atribuídos"? Como se consegue passar a mensagem de que a escola é importante? Como se transmite a importância da responsabilidade a uma aluna cuja mãe não responde às cartas que lhe são enviadas, nem comparece às reuniões quando convocada para tal? Como? Ir lá a casa? Isto se a morada for realmente aquela! Gostava de entender as razões desta desistência, deste abandono escolar por parte da aluna e de quem mora com ela. Queria perguntar-lhe se nada do que lhe disse fez algum sentido até agora. Sem câmaras ou máquinas fotográficas a comprovar a minha insistência. Gostaria de ler no meu registo de avaliação apenas isto: ela remou do seu lado.
O que acham de dividirmos a culpa?

3 comentários:

Vanadis disse...

Eu já não divido. Faço o que posso, dou o meu melhor sempre e faço mais do que a minh obrigação (hoje até fui com uma mochila cheia de livros para elas pesquisarem para um trabalho...)! Se não fazem a parte delas, já não posso intervir. Azar!!! não posso obriga-los a estudar e tal! estou cansada de porem tudo nas costas dos professores.

Haddock disse...

podes fazer a diferença, cemremos.
mas são tantos...

Matchbox31 disse...

Eu acho que tem que ser dividido... mas no fundo, o problema maior, é a base, é a sociedade em que vivemos, esse e o problema! É por isso que as pessoas estão cada vez mais irresponsáveis.
Os professores não têm culpa da falta de valores que existe actualmente!